Rogerio Campos

Por: Rogerio Campos

A partitura é uma notação musical formada por linhas, espaços e símbolos que representam, basicamente, as notas musicais, a duração e a dinâmica do que dever ser executado na música. Pensando sobre as notas musicais, estas podem ocupar qualquer uma das linhas e espaços existentes na pauta, até mesmo os suplementares, superiores e inferiores, como mostrado na figura abaixo.

No entanto, como saber qual destas notas representa um “Dó”, um “Mi” ou um “Lá”? Para isso existem as claves musicais, escritas sempre no início da pauta. Sem elas, não se sabe qual linha/espaço corresponde a uma determinada nota.

Tipos de Claves

Como dito acima, a clave tem a função de nos dar a informação de qual é a nota escrita naquele determinado espaço ou linha da partitura. Porém, não existe apenas um tipo de clave.

As claves existentes são a de Sol, de Fá e de Dó e possuem estes nomes porque, na linha onde partem ou orientam-se suas referencias de grafia (desenho da clave), ficam respectivamente as notas de Sol (2ª linha), de Fá (4ª linha) e de Dó (3ª linha).

Perceba na imagem abaixo que a ordem das 7 notas musicais (Dó, Ré, Mí, Fá, Sol, Lá, Sí) estão distribuídas na pauta conforme a referência da nota principal da clave. Além disso, o intervalo entre as notas é contado independentemente de estarem nas linhas ou em espaços.

E a posição dessas claves também podem mudar. Elas podem ser inseridas mais acima ou mais abaixo, dentro da pauta. As imagens acima mostram as posições mais usuais onde as claves são escritas, a imagem abaixo as possíveis variações de posicionamento delas.

Dó Central

Ainda há algo fundamental para conseguirmos entender por completo a disposição das notas musicais dentro da pauta, indicadas pelas claves. Como deve saber, uma mesma nota musical, por exemplo, a nota Dó, é identificada em várias posições nos instrumentos musicais, entre as teclas de um teclado ou piano, ou entre as seis cordas de um violão ou guitarra.

A diferença entre as ‘várias notas Dó’ em um instrumento musical se dá pela altura ou frequência de cada uma delas. Uma nota Dó localizada mais a direita de um teclado ou próximo ao corpo de um violão, produzirá uma nota Dó mais aguda. Uma nota Dó localizada a esquerda das teclas ou mais próxima ao headstock de uma guitarra produzirá um Dó mais grave.

Esta diferença entre altura/frequência entre as notas musicais, também tem suas posições determinadas pela clave em uma pauta musical, e esta principal referência é a nota da qual chamamos de Dó central.

O Dó central ou Dó3 da paula diz respeito a uma altura específica desta nota. De frequência aproximada em 261.63 Hz, sua identificação na partitura indica, portanto, exatamente qual a nota Dó específica deve-se tocar em seu instrumento. Veja abaixo na imagem a posição do Dó central entre as claves.

Na guitarra ou o violão, localiza-se o Dó central na 3º casa da quinta corda ou 8º casa da sexta corda. Abaixo na imagem, veja a posição o Dó central em relação ao teclado ou piano.

A próxima imagem mostra o Dó central em todos os posicionamentos entre as claves.

Desta maneira, vemos que as notas musicais não são dispostas aleatoriamente em uma pauta musical. As claves mostram, portanto, não apenas as notas musicais por seus nomes, mas também a frequência exata de cada uma delas.

Exemplos de uso das Claves

Cada clave é utilizada na notação musical tendo em vista um certo tipo de instrumento ou voz. A clave de Sol é utilizada nas vozes mais agudas (soprano, contralto) e nos instrumentos mais agudos (flauta, violino, violão, guitarra e outros). A clave de Fá é utilizada nos instrumentos e vozes mais graves (barítono, tenor, baixo, violoncelo, contrabaixo).

Já a clave de Dó possui pouca utilização. Um dos instrumentos mais conhecidos que utilizam esta clave é a viola. Por isso, as partituras são escritas com mais frequência em clave de Sol e/ou Fá.

Possuí alguma dúvida a mais sobre a utilização das claves musicais em uma partitura? Deixe abaixo nos comentários e nos vemos na próxima aula.

Rogerio Campos é guitarrista com formação superior, bacharel e licenciado em música, além de formações pela EM&T, IG&T e LEM, entre outros. Professor de música a mais de 15 anos, também é autor de métodos de guitarra para escolas de música | Website | Contato

Comentários do Facebook

Comentários

Uma Nova Forma de Aprender Música!

Descubra os conteúdos exclusivos da Escola Virtual de Música. Comece Baixando Grátis os 'Guias Práticos de Primeiros Passos'.

Insira seus dados abaixo para fazer sua inscrição:

Sucesso! Obrigado pelo seu cadastro.

Pin It on Pinterest

Shares
Share This