Rogerio Campos

Por: Rogerio Campos

Exercícios psicotécnicos ou exercícios de digitação no braço da guitarra, esse é o tema da aula de hoje!

Esses são exercícios que servem independente do nível que você se encontra, iniciante ou em um nível intermediário, é muito comum professores passarem este exercício para quem está começando…

Porém, eu prefiro passá-los pra quem está em um nível intermediário, porque tem certas variações nestes exercícios que são um tanto difíceis! Se você é iniciante, você pode tentar fazê-los, mas o comum é que a maioria acabam abandonando os exercícios pela dificuldade e não se lembram ou consideram de voltá-los a fazê-los novamente.

Quem costuma dar muita ênfase nesses tipos de articulações é o guitarrista John Petrucci, da banda Dream Theater. E o objetivo dele é o mesmo aqui, que você conquiste total independência no uso dos dedos da mão que digitam a escala da guitarra. No riff inicial da música ‘Erotomania’ é possível ver diretamente algumas dessas combinações.

Independente de você utilizar ou não determinadas articulações que tem nestes exercícios, nas músicas que você eventualmente irá tocar na guitarra, outra dica que vale, é que este exercício é muito bacana e pode servir também como uma ótima forma de aquecimento antes de tocar ou se apresentar com a sua banda!

Ao fazer os exercícios o ideal é que defina sua velocidade de preferência em um metrônomo. Lembrando que o mais importante é que tenha uma execução limpa das notas e bem sincronizadas com a palheta, velocidade é secundário.

Uma dica final, é que você não precisa ficar o dia inteiro fazendo este tipo de exercícios, 15 a 30 minutos por dia no máximo, bem feitos, são o suficiente.


E o exercício em sí consiste basicamente em digitar quatro notas por corda (um dedo para cada casa em intervalos de meio-tom) iniciando da 6º corda. Ao “subir” o exercício iniciando da 1º corda “não inverta as combinações”. Exemplo: Fazendo a combinação 1-2-3-4, esta deve ser a exata disposição tanto quanto para “descer” iniciando da 6º corda, quanto para “subir” partindo da 1º corda, caso faça a disposição dos dedos 4-3-2-1 ao “subir”, esta já é considerada outra variação das combinações.

Veja abaixo na tablatura um exemplo de como digitar a combinação citada acima, também uma sugestão de como realizar o mesmo exercício ‘caminhando pelo braço da guitarra’, caminhar pelo braço irá testar mais a sua resistência, é mais difícil a execução do exercício. Faça depois a mesma disposição de exercícios usando as outras combinações com os dedos (vide tabela mais abaixo).

Caminhando pelo braço:

Abaixo você pode conferir a tabela completa com todas as combinações de digitação, também um vídeo com a demonstração com as combinações iniciadas pelo ‘dedo 1’. Desbloqueie o vídeo clicando nos ícones das redes sociais ou você pode também acessar esta aula no YouTube, é só clicar no ícone ao lado.  >

Você acha que fazer este tipo de exercícios te ajudam na hora de tirar os solos ou riffs das músicas que você quer tocar na guitarra?

Deixe isto agora na área de comentários abaixo, ou simplesmente de suas sugestões do que você gostaria de ver aqui na Escola Virtual de Música, sua participação pode virar tema dos próximos artigos.

Pra ficar por dentro de todas as aulas da EVM, faça sua inscrição gratuita site. Clique também em ‘Curtir’ nos botões das redes sociais e compartilhe nossos artigos, assim é que conseguimos produzir mais aulas 🙂

Rogerio Campos

Rogerio Campos

Rogerio é guitarrista com formação superior, bacharel e licenciado em música, também com formação pela EM&T, IG&T e LEM. Professor de música a mais de 15 anos, também é autor de métodos de guitarra para escolas de música.

Comentários do Facebook

Comentários

Uma Nova Forma de Aprender Música!

Descubra os conteúdos exclusivos da Escola Virtual de Música. Comece Baixando Grátis os 'Guias Práticos de Primeiros Passos'.

Insira seus dados abaixo para fazer sua inscrição:

Sucesso! Obrigado pelo seu cadastro.

Pin It on Pinterest

Shares
Share This